Sacramentos

"Isto é que vos peço, que vosso amor cresça cada vez mais." (Felipenses 1,9)

Normas e Diretrizes Gerais para a Celebração do Sacramento do Matrimônio na Paróquia de São José (Aracaju/SE)

  Fone: 3214-2463

 

Estimados Noivos,

v  Acolhemos com carinho sua decisão de se Casar em nossa paróquia. Para isso, informamos as normas e orientações que deverão ser lidas e acatadas para que a data seja definitivamente marcada.

1. Considerações Iniciais

v  Essas normas foram idealizadas para que não seja desvirtuado o sentido cristão da celeb

ração do matrimônio, porque muitas vezes ocorrem cerimônias carregadas de exageros. O verdadeiro sentido do casamento  se trata de uma liturgia realizada na expressão do amor entre um homem e uma mulher batizados, tendo em vista a formação de uma família e o bem-estar (a felicidade) dos mesmos.

2. Reserva de Data

v  A data e o horário do casamento devem ser marcados pelos noivos com antecedência para que não haja conflitos. A reserva pode ser no mínimo com sessenta dias de antecedência. A taxa de reserva será de 50% no ato da marcação. Caso haja mudança de data , será pago uma taxa de R$ 300,00 , não importa o período em que for feita a remarcação;

v  Cancelamento só será aceito com no mínimo trinta dias de antecedência da data marcada e o mesmo deverá ser feito mediante a presença de um dos noivos e com toda documentação feita no dia da marcação, com exceção de impedimentos graves.

v  Para o agendamento, é necessário que o futuro casal traga os documentos de identidade (RG e CPF). Para a reserva ser confirmada, é necessária a leitura das normas e a assinatura do Termo de Compromisso e Responsabilidade, cujo prazo para a entrega é de 15 dias. A reserva fica automaticamente cancelada se esta confirmação não for feita na data determinada.

v  No ato da apresentação do Termo de Compromisso e Responsabilidade, deverá ser efetuado o pagamento de 50% do valor da taxa, ficando os outros 50% restante para ser pago na data da entrega dos documentos necessários para o processo matrimonial, caso haja desistência faltando apenas dois meses para a celebração do matrimônio, esse valor de 50% não será devolvido.

v  O local da celebração do matrimônio é a Igreja Paroquial, não se permite a celebração do matrimônio em clubes, salões, fazendas e similares.

v  O Templo da Paróquia de São José tem capacidade para acomodar cerca de até

quatrocentos convidados. O Salão Paroquial poderá ser usado para a recepção aos convidados, mediante acerto prévio na secretaria da Paróquia.

3. Horário da Celebração

v  Segunda, terça, quinta e sexta-feira: 19:30h

v  Sábados: 10:00h e às 20:00h.

v  Aos domingos, dias santificados e feriados em geral, não são realizadas cerimônias de Matrimônio. Porém, caso haja interesse da parte dos noivos, verificarem na secretaria a possibilidade.

v  Quando não houver missa antes da celebração, a Igreja será aberta para acomodação dos músicos, cerimonial, fotógrafos, cinegrafistas e convidados duas horas antes.

3.1 Horários Reservados para Ensaios

Terças-feiras: das 14:00h ás 16:00h e aos

 Sábados: das 14:00h ás 16:00h.

4. Preparação dos Noivos

v  É necessária a participação dos noivos no curso de preparação para o Matrimônio.Recomendamos que seja realizado na própria Paróquia de São José em datas disponibilizadas na Secretaria. Não sendo possível a realização do curso na Paróquia de São José, os noivos poderão escolher outra Paróquia. É indispensável à apresentação do certificado até quinze dias antes da celebração do sacramento.

v  Orientamos aos noivos não deixarem para fazer o curso de última hora, evitando-se com isso problemas por não encontrar data e local disponíveis em tempo hábil.

5. Processo Matrimonial

v  Para se evitar imprevistos e transtornos, o processo deve ser iniciado pelo menos seis meses antes da cerimônia de casamento na Paróquia de domicílio de um dos noivos. Esse documento de abertura deve ser entregue na Paróquia de São José pelo menos trinta dias antes do casamento, juntamente com a lista de profissionais contratados (anexo ao contrato).

5.1 Documentos Necessários para o Processo Matrimonial

v  Certidão de batismo do casal (validade de seis meses). Para atualizá-la, deve-se procurar a Paróquia em que os noivos foram batizados. Caso os noivos não saibam onde foram batizados, devem se dirigir ao arquivo da cúria Metropolitana da cidade de Aracaju. Sempre devem contactar e solicitar da Paróquia onde foram batizados, o envio da Certidão de Batismo.

v  Cópias da Certidão de nascimentos, do RG, do CPF e comprovante de residência dos Noivos.

v  Certidão de participação do curso de Preparação para o Matrimônio (curso de noivos).

v  Edital de proclamas do cartório civil (validade de três meses).

v  No caso de viuvez, cópia autenticada de Certidão de óbito.

v  Em caso de divórcio de um dos cônjuges, cujo casamento tenha sido celebrado apenas no civil, apresentar certidão relativa.

v  Apresentar Habilitação em caso de casamento religioso com efeito civil.

 

1.2 -Transferência de outra Paróquia ou Diocese

* Apresentar documentação alusiva á preparação, expedida pela paróquia procedente.

5.1.1. Procedimentos para transferência:

v  Transferência da Paróquia – Se os noivos não moram no bairro da Igreja onde será feito o casamento, eles devem providenciar junto á Igreja próxima de sua residência a transferência, que deverá ser entregue pelo menos trinta dias antes do matrimônio.

v  Transferência de outra Diocese – Quando os noivos residem em dioceses diferentes, deverão providenciar uma transferência denominada instrumento Canônico e entregá-la trinta dias antes do casamento.

5.2      Esclarecimentos Necessários

5.2.1        Católico e não católico

v  É possível o casamento de católico com outro cristão não católico (matrimônio misto)ou de católico com não-batizado (disparidade de culto), desde que haja autorização expressa do bispo local, ou seu representante legal, de modo geral, compete ao mesmo Bispo a dispensa de outros impedimentos eventualmente existentes. O processo jurídico-canônico nesses casos deve ter início na Paróquia de origem.

5.2.2 Menores

v  Se um dos noivos tiver menos de 18 anos, deve obter consentimento dos pais ou

Responsáveis, comparecendo acompanhado de um deles. Pelo novo código de Direito Canônico, o homem antes de 16 anos completos e a mulher antes dos 14, sem dispensa do impedimento, não podem contrair matrimônio válido.

5.2.3 Casamento religioso com Efeito Civil

v  Os noivos devem procurar o cartório de Registro Civil mais próximo de onde residem com pelo menos 60 (sessenta) dias antes da cerimônia religiosa, a fim de se iniciar o processo de casamento civil. Nessa ocasião, deverão decidir onde se dará a cerimônia civil no próprio Cartório, no Buffet ou na celebração religiosa, nesta hipótese dotada de efeito Civil.

Não aceita-se  ‘‘Livretos” à parte para o presidente da celebração.  Somente será usado o Ritual próprio da Igreja para celebrações matrimoniais.
 
*  NÃO ACEITAMOS PASSARELAS DE VIDRO OU DE ESPELHO.
 

5.2.3.1 No cartório

v  Se o casamento for antes no cartório, deve-se entregar na Igreja uma cópia simples da Certidão Civil.

5.2.3.2 Religiosa com Efeito Civil

v  Somente será possível a realização do chamado Casamento Religioso com Efeito Civil, com a entrega da Certidão de Habilitação Civil emitida pelo cartório de Registro Civil. Após a celebração do casamento o Sacerdote entregará o termo do Casamento Religioso com Efeito Civil aos noivos para que seja providenciado o seu registro no Cartório Civil. A Paróquia se reserva o direito de não fazer o casamento com efeito civil sob forma diversa da descrita acima. A documentação relativa ao casamento civil deverá ser entregue na Paróquia 30 (trinta) dias antes da cerimônia.

5.2.4 Sacerdote convidado

v  É facultativo convidar um padre ou diácono amigo de outra comunidade para presidir o casamento, desde que respeitadas às normas desta Paróquia. Pede-se para confirmar com antecedência o nome completo e o telefone, bem como informar antecipadamente o cartório onde ele tenha firma aberta.

5.2.5 Confissão e comunhão

v  O Sacramento do matrimônio é um ato sagrado, mediante o qual os noivos recebem a graça de Deus para a constituição de um lar cristão. Sendo um sacramento, é preciso recebê-lo em estado de graça, ou seja, sem pecados. Por isso constitui-se  um verdadeiro bem, coroar os preparativos para a cerimônia religiosa do casamento procurando a confissão sacramental durante a semana que antecede a data do casamento. A cerimônia religiosa do matrimônio pode ser celebrada com missa ou sem missa. Mesmo no segundo caso, é possível e indicado que os noivos comunguem durante a cerimônia, porém, a rigor, os noivos não são obrigados se confessar e comungar durante a celebração.

5.2.6 Havendo ou não a confissão sacramental

v  Os noivos ficam obrigados à entrevista com um SACERDOTE.

6. Procedimento para Realização da Cerimônia Nupcial

v  No dia da realização da cerimônia, é extremamente necessário que os noivos sejam pontuais. Para isso, recomenda-se que o horário escrito no convite corresponda a 30(trinta) minutos antes do horário marcado para o inicio da cerimônia. A mesma deverá iniciar-se, pontualmente, no horário marcado, mesmo  que padrinhos e outros convidados ainda não tenham chegado. O noivo e os padrinhos deverão chegar trinta minutos antes da hora marcada. Os padrinhos que chegaram atrasados deverão juntar-se aos demais seguindo pelos corredores laterais. Os trajes devem ser condizentes com o ambiente sagrado.

v O tempo máximo de tolerância, inclusive da noiva, é de 30 minutos.


7. Decoração

v  Evitar arranjos exagerados que contenham arcos e altas colunas de flores pelo corredor central. Tais arranjos prejudicam a movimentação dos convidados e são obstáculos á visualização do altar, dos noivos e do padre ou diácono.

v  É proibido deslocamento de bancos; alterações na configuração do altar; retirada de imagens, de quadros, de banners, o uso de arame e prego para fixar enfeites nos bancos, nas portas ou paredes.

v  Horário para decorações, nas sextas-feiras das 14:00h ás 16:00h; sábados das  14:00h           ás  16:00h.

7.1.1. Foto e Vídeo

v  Não colocar sobre o altar qualquer tipo de equipamento como: câmara fotográfica, Filmadora, lentes, caixas, papéis, anotações, etc. Em hipótese alguma ocupar o lugar do presidente da cerimônia. Durante a liturgia da palavra e a homilia é proibido tirar fotos, podendo-se apenas realizar filmagens próximas ao altar.

v  Fazer o trabalho o mais discretamente possível, evitando o Trânsito excessivo pela igreja.

v  Caso esteja acontecendo à celebração da Santa Missa antes do casamento, aguardar o término da mesma para poder começar a movimentação e o preparo dos equipamentos.

v  Acender luzes e refletores somente no início da celebração.

v  Nunca ligar seus equipamentos sem antes conversar com algum membro da Igreja, obtendo as informações necessárias para um bom desempenho de seus trabalhos.

v  A autorização da Energisa para uso de filmagem e colocação de luzes cênicas deverá ser da responsabilidade dos referidos profissionais, que deverão apresentar na secretaria da Paróquia de São José, até a véspera do casamento, o recibo da taxa que foi paga.

v  CORAL/ORQUESTRA

A Paróquia não disponibiliza  equipamentos  de som nem instrumentos musicais, sendo da  responsabilidade dos músicos contratados.

8. Sugestões

v  Sobre as Leituras Bíblicas que podem ser feitas na celebração Matrimonial, os noivos podem escolher as leituras bíblicas a serem feitas no seu Matrimônio, indicando para primeira Leitura e para o evangelho uma das referências abaixo. Para isso devem informar a secretaria paroquial, pontualmente, com até 10 (dez) dias antes da celebração. Caso não informe, o celebrante escolherá  as leituras.

8.1. LITURGIA  DA   PALAVRA

8.1.1. Primeira Leitura: Gn1, 26-28.31a; Gn2, 18-24; Gn 24, 48-51.58-67; Tb 7, 6-14;Tb 8, 4b-8;Eclo 26, 1-4.16-21; Jr 31, 31-34, Rm 8, 31b-35.37-39;Rm 12, 1-2.9-13; 1Cor 6, 13c-15ª.17-20; 1Cor 12,31-13.8ª. Ef 5,2ª.25-32;FI 4,4-9; CI 3,12-17;1Pd 3, 1-9; 1 Jo 3, 18-24; 1Jo 4, 7-12;Ap 19,1.5-9ª.

8.1.2. Evangelho: Mt 5,1-12ª; M 5, 13-16; Mt 7,21. 24-29;Mt 19,3-6; Mt 22, 35-40;Mc 10, 6-9;Jo 2, 1-11;Jo 15, 9-12;Jo 15,12-16;Jo 17, 20-26.

 

9. Considerações Finais

v  Qualquer exceção abre possibilidades de precedentes e faz a Paróquia cometer

injustiça com os noivos que respeitarem todas as normas. Neste sentido, a fim de evitar situações desagradáveis, pedimos aos noivos, bem como a seus familiares, a gentileza de não solicitarem exceções.

 

Data:____/_______/_______   

 

-----------------------------------------------

Assinatura do noivo

 

Horário: __________

 

----------------------------------------------

Assinatura da noiva

 

____________________________________

Assinatura do Pároco ou Vigário Paroquial

 

 

CASAMENTO

 

É possível agendar para quase  todos os dias da semana, exceção: domingo.

 

Horários: 19:30 h – segunda, terça, quinta e sexta-feira / sábados: 10:00 h e às 20:30 h.

 

Obs.: Existe a possibilidade de haver casamento de dia  no domingo, irá depender dos compromissos da Paróquia, sendo assim, obtenha mais informações na nossa secretaria.

              

                         Documentação necessária para o processo matrimonial (secretaria):

 

a)    Certidão de batismo do casal (validade de seis meses). Para atualizá-la, deve-se procurar a paróquia em que os noivos foram batizados.

 

b)    Cópias da certidão de nascimento, do RG, DO CPF e comprovante de residência dos noivos.

 

c)    Certidão de participação do curso de preparação para o matrimônio (curso de noivos).

 

d)    Edital de proclamas do cartório civil (validade de três meses).

 

e)    No caso de viuvez, cópia autenticada de certidão de óbito.

 

f)     Em caso de divórcio de um dos cônjugues, cujo casamento tenha sido celebrado apenas no civil, apresentar certidão relativa.

 

g)    Apresentar Habilitação Matrimonial em caso de casamento religioso com efeito civil.

 

Obs: Geralmente o casamento deve ser realizado na paróquia de um dos noivos, caso contrário, tem que ser providenciado à transferência junto a Paróquia do seu bairro para a Paróquia que os noivos desejam casar.

 

 

  BATIZADOS

 

        O batismo é realizado no 1º e 3º Domingo do mês ás 08:30h da manhã, o mesmo será feito pelo Sacerdote desse horário ou o Diácono, e nas quintas-feiras que antecede o batismo haverá preparação para os pais e padrinhos ás 19:30h.    

                               Documentação necessária (secretaria)

    Xerox da certidão de nascimento da criança, nomes completos dos padrinhos (caso seja de outra paróquia providenciar autorização com o seu pároco).

Ċ
Paroquia São José,
7 de dez de 2011 08:21
Ċ
Paroquia São José,
7 de dez de 2011 08:21